INDEPENDÊNCIA e SOBERANIA BRASIL !!!

INDEPENDÊNCIA E SOBERANIA BRASIL

Precisamos desenvolver e estamos desenvolvendo cidadãos brasileiros, cidadãos SUL- Americanos aptos para atuarem e intercederem como Auditores Sociais.

INDEPENDÊNCIA e SOBERANIA BRASIL 01

Brasil, 518 anos de colonização !! Domínio e Controle dos Estados Unidos e Europa Ocidental.

Temos que ter em mente que as nossas ESTATAIS são Empresas Públicas Estratégicas, existem para estabelecerem trabalhos diretos e indiretos primeiramente para o Brasil, e assim para estabelecerem qualidade de vida eficaz, digna, justa para a nação brasileira como um todo. Há décadas todas as nossas Estatais, empresas públicas estratégicas estão sobre domínio e controle internacional. Bancos x Acionistas x S.A’s x Corporações Multinacionais x Grandes LTDA’s … 

  • América do Sul e Central – BRASIL
  • “Países” controlados e tabelados pelo imoral, escravagista e global do DÓLAR.
  • Nossa moeda nacional uma fachada.

BOLSA de VALORES: No que refere-se as COMMODITIES: Em média 300 Trilhões de Dólares Por Dia – Do Brasil, em média 180 Trilhões de Dólares Por Dia – Roubo Legalizado x Desvios à Nossa Frente.

PRIVATIZAÇÃO NO BRASIL

Os Bancos x Corporações Multinacionais x S.A’s dominam e controlam até 151 “países” dos cerca de 197 países existentes, são globais e as sociedades civis e governos são locais. Através dos acordos internacionais unilaterais, os “países” signatários, se submetem a estes acordos, beneficiando os “países” desenvolvidos sede destas corporações empresariais e prejudicando intensamente os “países” super ricos em riquezas naturais / riquezas minerais / matérias primas e afins, que passam a ser dominados e controlados pelas corporações empresariais. ( Banqueiros, Acionistas, Presidentes e Diretorias x Bancos x S.A’s – Transnacionais, Multinacionais e suas interligadas que estão denominadas por Grandes LTDA’s, Rede de CNPJ’s, PLC’s grupo empresarial privado disfarçados de empresas públicas e até mesmo empresas fantasmas … ).

A espinha dorsal da corrupção sistémica, homicida e genocida são os Bancos de Fomento tanto no Brasil, na América do Sul e dentre outros “países” pobres e atrasados em todos os significados e sentidos, sendo assim, também podemos declarar os “países” da África …

BNDES foi planejado e desenvolvido em 1952 nos Estados Unidos, uma das fórmulas de dominio e controle norte americano da América do Sul x BRASIL. BNDES no Brasil em 1982 executou os seus planejamentos, dinheiro do trabalhador local distribuído para patrocinar empresas privadas e supostamente públicas … na atualidade titulamos por fundamentos e alicerces de máfia bolsa empresário e máfia empresarial khazarian global x local testas de ferro e via poderes públicos, municípios, estados e federal.

( Rede de Controle Corporativo Global ) As transnacionais são os agentes ativos da corrupção e o estado, o corruptor passivo, não podem agir internamente em suas sedes, em “paises” desenvolvidos … ou seja, seus “paises” sede das empresas, quando estudamos as leis internacionais entendemos: elas protegem seus “paises” e dominam, controlam, seqüestram, roubam os demais “paises” no mundo, em até 151 “países” …

É de rigor necessário evidenciar através de documentos das próprias empresas, estas atuações e autuações, quanto ao: a) financiamento público: b) pagamento pela utilização, degradação destes recursos e, mais diversos benefícios que empresas recebem por intermédio dos governos locais, independente do tipo de empresa ( organização sociatária ).

Os Veículos de Comunicação estão fundamentos por normas e regras do Instituto Tavistock – Tavistock Institute of Human Relations / Reino Unido da Grã-Bretanha / Londres / Inglaterra – também conhecido como UNIÃO EUROPEIA que controla toda a mídia no mundo incluindo a educação dos formadores de mídia … ) … ( geopolítica ) – ( consenso de washington que impõe e dita as normas das reformas, das leis … … )

Então Vender Continuamente o BRASIL, pode Sérgio Moro ???

Então Entregar o PRÉ-SAL, pode Dallagnol ??? 

Então Doar UM TRILHÃO de Reais dos Cofres Públicos para a Petrolífera Estrangeira Royal Dutch Shell ( Shell ), pode Raquel Dodge ???

Então os Banqueiros Norte Americanos e Europa Ocidental com os seus Banqueiros e Acionistas Brasileiros testas de ferro disfarçados de investidores, disfarçados de desenvolvimento, podem tudo Polícia Federal e Lava Jato ??? 

Se os CORRUPTOS nos bastidores dos governos x poderes públicos são entreguistas, eles podem tudo, STF ??? 

POVO DETENTOR do PODER INSTITUINTE e CONSTITUINTE !!!

( 2017-2018 )

MÍDIA Brasil

A história da televisão no Brasil tem início comercialmente em 18 de setembro de 1950, quando foi inaugurada a TV Tupi em São Paulo, com equipamentos trazidos por Assis Chateaubriand, fundando assim o primeiro canal de televisão no país.

Rádio: 1922-2019 – Rio de Janeiro estabelece a primeira transmissão de rádio no Brasil que completa 97 anos em 7 de setembro de 2019 …

A VELHA POLÍTICA VICIADA e MACABRA FOI FERIDA – MAS NÃO MORREU !! Quem realmente vigia e nos defende da velha e macabra política, são os seus atores políticos, é o “poder” judiciário fraudulento e ideológico, são as instituições públicas de defesa, de inteligência, de segurança e de investigações por atores … que custam muito caro aos cofres públicos, do árduo sacrifício da estrutura povo e dos recursos naturais por contrabando oficial. ( custos, gastos, despesas e nada de investimento ) e por meios HEDIONDOS de comunicação de domínio e controle de massa. São os que nos defendem, são os que nos protegem, são os que solucionam ?? ( o povo e povos em um planejado circo sendo degolados ). Meios de comunicação IRRESPONSÁVEIS, Inadequados, Desinformantes e da Velha Corja de Políticos neoliberalistas e neofascistas … REFORMA da PREVIDÊNCIA é um golpe internacional de estado de Soberania relativa dos interesses malignos dos BANCOS x S.A’s – a previdência é superavitária ( a previdência é arquimilionária ) e não se retira do povo os seus legítimos direitos sociais, que o próprio povo PAGA para estar na seguridade social, tão qual previdência manipulada x desvios para banqueiros e acionistas. Reforma da Previdência é um criminoso esquema de violenta violação de direitos da seguridade social.

A mídia se comporta como uma máquina terrível que condiciona o pensamento do povo, desmonta a autoestima, desequilibra, desmonta o conceito de nação …

Os cidadãos brasileiros não podem de hipótese alguma baixar a guarda e muitos de nós não baixamos. Mas nem todos estão vigilantes e participantes como deveriam. Pense que diferença faria se todos estivessem vigilantes e participativos há exatos fatos. Os planejados desenvolvimentos malignos e irresposáveis da empresarial corporativa política global no Brasil, gera os seus desejos, o coletivismo da pobreza artificial, as desigualdades sociais e regionais, o terrorismo de estado, a luxuria e poder de controle genocida de multidões. O que leva a tamanha PODRIDÃO Organizada na política disfarçada em frascos de perfumes ?? O que leva a tamanha PODRIDÃO Organizada e continuamente mentirosa e sempre há impedir a existência das Políticas Públicas e Sociais, da política socioeconômico, socioeducacional, sociocultural, socioambiental, sócio mineral e afins ??

Nos referimos à função primordial do Jornalista de se manter vigilante. À vocação de denunciar abertamente o que estiver errado, o que está contra o povo, contra o território nacional, doa a quem doer e assim aos demais profissionais de imprensa, que não se posicionam como cidadãos brasileiros, que não se posicionam na íntegra da verdade dos fatos, em denunciar, explicar na íntegra, de estabelecer desenvolvimento social, tudo há muito tempo se tornou os interesses capitalistas de alguns, como os ditos economistas que estudam a fachada e pregam a mentira para o povo e assim garantirem o domínio e controle genocida social por banqueiros, por políticos altamente corruptos … e aos muitos supostos especialistas, supostas autoridades das entrevistas e programas. A mídia se quer não mais respeitam o desenvolvimento de informações dignas, justas, verídicas e de cultura social exemplar. Os profissionais a serviço dos seus senhores mundanos.

Mas, analisando a imprensa brasileira de hoje, chegamos à conclusão que a balança pende bem mais para o lado dos supostos poderosos organizados do que para o lado do povo. Não se iludam. A engrenagem continuará girando para esmagar a verdade e continuamente esterilizando a inteligência do povo. Não conte com o velho e viciado modelo de imprensa para ser a sua voz, cidadãos brasileiros. Em geral, ela tem interesses próprios e obscuros que não são claros. Por causa dessa falta de clareza, por falta de respeito e de responsabilidade social, somos levados a deduzir que a imprensa jamais vai entrar numa briga com os cafetões, preferem ser as prostitutas para prostituir – os lucros acima de tudo, os mitos, os deuses, as celebridades intocáveis, as estatuas humanas ambulantes de falsos humanistas … 

Os veículos de comunicação são alimentados por bilionárias verbas dos cofres públicos – Nacional – Estados e Municípios. NÃO MERECEM !!! Estas bilionárias verbas dos cofres públicos precisam ser extintas – REVOGADAS. O povo PAGA e é exatamente TRAÍDO.

O Governo é quem paga ?? as grandes empresas é quem pagam ?? NÃO e NÃO, ilustres cidadãos brasileiros, tudo é exatamente o POVO que PAGA e merece na íntegra ser respeitado. Até o boteco da esquina, só existe porque é o povo que nele entra e consome.  ( Dezembro 2018 – Janeiro 2019 )

Documentário: Hospital Colônia de Barbacena: “O Holocausto Brasileiro”  Documentário History Channel Brasil

Os documentários tem como grande objetivo de revelar tragédias programadas do passado, para que desta forma venha na íntegra a veraciade da história passada para que desta forma no presente e no futuro isto não venha mais a ocorrer, a questão é informar …

O Hospital Colônia de Barbacena foi um hospital psiquiátrico fundado em 12 de outubro de 1903 na cidade de Barbacena, Minas Gerais. Fazia parte de um grupo de sete instituições psiquiátricas edificadas na cidade que, segundo alguns, recebeu o epíteto de “Cidade dos Loucos”, por esse motivo. Atualmente, desses sete hospitais, só três estão em funcionamento.

O manicômio era formado por dezesseis pavilhões independentes, tendo cada um deles a sua função específica: Pavilhão “Zoroastro Passos” para mulheres indigentes; Pavilhão “Antônio Carlos” para homens indigentes; Pavilhão “Afonso Pena”; Pavilhão “Milton Campos”; Pavilhão “Rodrigues Caldas” e Pavilhão “Júlio Moura”.

Tornou-se conhecido pelo público na década de 1980, pelo tratamento desumano que oferecia aos pacientes. O psiquiatra italiano Franco Basaglia taxou a instituição como um campo de concentração nazista. Em grandes vagões de carga, conhecidos como “trem do doido”, chegavam os pacientes do Hospital Colônia, em uma época que várias linhas ferroviárias chegavam à cidade. A instituição tinha sido fundada em 1903 com capacidade para 200 leitos, mas contava com cerca de 05 mil pacientes em 1961. Para o Colônia, eram enviados “pessoas não agradáveis”, como opositores políticos, prostitutas, homossexuais, mendigos, pessoas sem documentos, entre outros grupos marginalizados na sociedade. Estima-se que cerca de 70% dos pacientes não tinham diagnóstico de qualquer tipo de doença mental. No período em que houve o maior número de mortes, entre as décadas de 1960 e 1970, o que acontecia no hospital chegou a ser chamado de “Holocausto Brasileiro”. Estima-se que pelo menos 60 mil pessoas tenham morrido no Hospital Colônia de Barbacena.

Quase MEIO TRILHÃO de Reais para Bancos.

Esse foi o custo da remuneração da sobra de caixa dos bancos nos últimos 4 anos ( 2014 a 2017 ), conforme balanços publicados pelo Banco Central.

Essa benesse de quase meio trilhão de reais tem sido feita de forma ilegal e abusiva por meio de “Operações Compromissadas” realizadas pelo Banco Central com os bancos e funciona da seguinte forma: os bancos entregam sua sobra de caixa ao Banco Central e este entrega títulos da dívida pública aos bancos. Na medida em que os bancos de­têm os títulos, eles passam a ter o direito de receber remuneração por isso. O Banco Central não pode utilizar esse dinheiro para nada, porque assume o compromisso de devolve-lo aos bancos no momento em que eles pedirem de volta. Essa operação pode durar 1 dia ou anos, o seu volume ultrapassa R$ 1,14 TRILHÃO, e custou nada menos que R$ 449 bilhões no período de 2014 a 2017, ou seja quase meio trilhão de reais !

As “Operações Compromissadas” existem para controlar o volume de moeda na eco­nomia, mas o seu uso distorcido ( que vem esterilizando volume de recursos equivalen­te a quase 20% do PIB e ainda gera despesa diária com a sua remuneração com base nos juros mais elevados do Planeta ) tem provocado escassez de moeda na economia, empurrando os juros de mercado para patamares indecentes, impedindo o financia­mento de atividades produtivas geradoras de emprego e renda e empurrando o Brasil para essa crise financeira fabricada.

O PL 9.248/2017 visa legalizar essa remuneração da sobra de caixa dos bancos por meio da criação de “Depósito Voluntário Remunerado”, de tal forma que os bancos irão depositar sua sobra no Banco Central e este continuará remunerando dia­riamente.

Qual é a justificativa para tal remuneração bilionária aos bancos ? Temos dinheiro so­brando para isso, enquanto faltam recursos para manter as universidades, os institu­tos federais, hospitais e demais necessidades fundamentais do nosso povo ?

Além do PL 9.248/2017, a criação de “Depósito Voluntário Remunerado” está sendo­embutida também no projeto de “Autonomia do Banco Central”, que o presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia ( alvo de pelo menos 3 investigações de cor­rupção ) anunciou que será levado diretamente ao Plenário dia 10/04/2018, sem passar pelas comissões temáticas da Câmara.

Exigimos que os ( as ) Parlamentares se pronunciem sobre essa tentativa de legalização dessa abusiva renumeração da sobra de caixa dos bancos que custou quase meio tri­lhão de reais à Nação nos últimos 4 anos !!

ACD Auditoria Cidadã da Dívida BRASIL América do Sul

Se ouvir falar em capitalização, financeirização, privatização, securitização … Levante a bandeira do REPÚDIO ao topo. Ambas não produzem quaisquer benefícios sociais para com a nação brasileira, somente interessa aos especuladores e controladores de tudo e de todos, os Bancos, Corporações Multinacionais x S.A’s e empresas coligadas … Titulo de capitalização, financeirização, privatização que constantemente atingem negativamente a nação brasileira, tão qual são inaceitáveis, inadmissíveis para com os cidadãos brasileiros e soberania nacional.

BNDES: Operações Diretas:

FINAME – BNDESPAR precisa ser AUDITADO. Quem sustenta este sistema de corrupção do suposto financiamento barato das transnacionais ( corporações multinacionais x grandes LTDA’s ) é o dinheiro do trabalhador. FAT: Fundo de Amparo ao Trabalhador –  PIS-PASEP – FGTS – IMPOSTO DE REDENDA –  FUNDO DA MARINHA MERCANTE – Fundo de Pensão 

Os trabalhadores com seu árduo sacrifício sustentam o BNDES que sustenta as transnacionais, principalmente a dos supostos “países” desenvolvidos. ( as sedes destas empresas são dos “países” norte americanos ). As corporações multinacionais, bancos e grandes LTDA’s não são brasileiras – Presidências, Diretorias, Gerências, Supostos Donos são brasileiros testas de ferro … Grupo Banco Mundial x Banco BIS /// Banco de Compensações Internacionais ou Banco de Pagamentos Internacionais. Organização internacional responsável pela supervisão bancária, domínio e controle dos Bancos Centrais Nacionais de “países” …

BID – Banco Interamericano de Desemvolvimento precisa ser REVOGADO do Brasil.

PROFISCO – Programa de Modernização Fiscal é um jogo de sedução que escraviza a população. Máscaras para manterem o controle de colonização internacional do Brasil.

COMANDANTE DO PLANETA TERRA:  Bank for International Settlements ( Banco de Compensações Internacionais ) – ( BIS ) 

Fundado em 20 de janeiro de 1930, o BIS exerce as funções de promoção e cooperação entre os bancos centrais e de propiciar e facilitar a condução de operações financeiras internacionais. 

O BIS contava, em 1999 ( AF1999 ) com 45 bancos centrais associados, tendo convidado, em novembro de 1999, mais 5 bancos centrais a integrar o seu quadro de associados: Argentina, Indonésia, Malásia, Tailândia e o Banco Central Europeu. A Diretoria Executiva do BIS é composta pelos Governadores dos Bancos Centrais da Bélgica, Canadá, Estados Unidos, França, Alemanha, Itália, Japão, Holanda, Suécia, Suíça e Reino Unido, acrescida de Diretores designados por seis desses países. O Brasil passou a ser acionista do BIS em 1997, após a ratificação do ato de adesão pelo Congresso Nacional. 

Os ativos do BIS, no AF99, somavam US$ 131 bilhões, sendo US$ 5,7 bilhões de recursos próprios ( capital e reservas ). O capital autorizado do BIS corresponde a US$ 2,9 bilhões, dividido em 600 mil ações, com 517.165 ações emitidas. O BIS custodia os títulos do Tesouro norte-americano ( zero coupon bond ) oferecidos pelo Brasil como garantia para os bônus da dívida externa reestruturada ( Bradies ).

Vale ressaltar o papel desempenhado pelo BIS no Programa de Assistência Financeira ao Brasil, tendo coordenado a mobilização de recursos junto a diversos bancos centrais de países desenvolvidos, além de recursos de sua própria carteira, no valor total de US$ 13,3 bilhões. Até 31/12/1999, foram sacados US$ 4,15 bilhões na primeira parcela e US$ 4,5 bilhões na segunda. Em 1999, foram pagos ao BIS o total da primeira parcela e 30% da segunda, perfazendo US$ 5,5 bilhões.

Participa da reformulação do Sistema Financeiro Internacional juntamente com outros organismos, atuando como um fórum de debates entre bancos centrais e formuladores de políticas de controle. Em fevereiro de 1999, foi criado o Fórum de Estabilidade Financeira ( Financial Stability Forum ), que agrega membros responsáveis pela estabilidade financeira internacional, entre eles, bancos centrais, instituições internacionais, instituições de regulamentação e especialistas no assunto.

No mesmo período, o Comitê Permanente do Euro ( Euro-currency Standing Committee ) passou a denominar-se Comitê do Sistema Financeiro Global ( Committee on the Global Financial System ) e ganhou novas funções como: monitoramento sistemático do sistema financeiro global de curto prazo: análise de longo prazo do funcionamento do mercado financeiro e a articulação de uma política de recomendação para o funcionamento do mercado financeiro, mantendo a estabilidade do mesmo. AF1999 = Ano Fiscal 1999: 1º de abril de 1998 a 31 de março de 1999. VII Organismos financeiros internacionais / 185 do Comitê de Supervisão Bancária ( Committee on Banking Supervision ) está centrado na discussão de problemas específicos de supervisão bancária, na responsabilidade das “autoridades” nacionais quanto à supervisão do sistema bancário doméstico e suas filiais fora do “país” e nos padrões de supervisão diretamente relacionados à questão da solvência. Recentemente, o Comitê lançou um manual intitulado Princípios Básicos para a Supervisão Bancária Efetiva ( Core Principles for Effective Banking Supervision ). ( 2018 ).

Terceiro Reich e o Banco da Basileia

JORNAL DE TODOS OS BRASIS 

O Banco de Liquidações Internacionais com sede na Basileia, Suíça, foi fundado em 1930 por recomendação da Comissão Young, comandada pelo governo dos Estados Unidos, visando  operar o pagamento das reparações da Primeira Guerra devidas pela Alemanha aos Aliados. Os Estatutos do Banco foram redigidos pela comissão formativa em Baden-Baden, na Alemanha e o BIS ( acrônimo de seu nome em inglês, Bank for International Settlements ) nasceu sob forte influência alemã desde seu início.

Durante o período da Segunda Guerra , sendo a Suíça neutra e o Banco, por consequência também de caráter neutro, o Terceiro Reich continuou a manter  seus diretores no Board do banco de 1939 a 1945, ininterruptamente, lado a lado com os diretores ingleses e americanos. Eram eles Walther Funk, Emil Puhl, Heinrich Schmitz e o Barão von Schoeder, os três primeiros julgados em Nuremberg. A forte presença nazista no Board do BIS durante a Guerra levou o Governo da Noruega, país invadido e ocupado pelo Terceiro Reich, a propor na Conferência de Bretton Woods a extinção do BIS, proposta que foi apoiada pelo Governo dos Estados Unidos na pessoa de Henry Dexter White, Secretário do Tesouro mas a proposta norueguesa foi descartada por Lord Keynes, o grande poderoso em Bretton Woods.

Mantido, o Banco da Basileia tornou-se peça chave da coordenação dos 60 Bancos Centrais, que são seus acionistas. O BIS tem hoje um papel fundamental na regulação bancária global, emitindo regras para capitalização e reservas de bancos privados, que são respeitadas pelo sistema bancário internacional.

Uma curiosidade é que o BIS na sua criação, em 1930, tinha acionistas privados. Só muito mais tarde o banco recomprou as ações cotadas em bolsa e manteve seu capital exclusivo para os Bancos Centrais.

O Sistema Financeiro Global – Parte 3: O Banco de Compensações Internacionais ( BIS )

BANCO CENTRAL do BRASIL e MINISTÉRIO da FANZENDA estão a princípio, desde 1975 sob domínio e controle dos Nazistas Bancos: BID, BIRD, FMI, Banco Mundial ( BIS )

As muitas discussões x cenários midiáticos para agredir o FORO de São Paulo, tão qual é o de menos. A organização criminosa global x local testas de ferro x protegidos é o CONCENSO de Washington ( BIS ) 

A mente por trás da estrutura básica do BIS veio da Alemanha na pessoa do grande economista e financista Hjalmar Schacht, que liquidou com a hiperinflação alemã de 1924 com um plano que foi o modelo quase idêntico seguido pelo Plano Real brasileiro, 70 anos depois, inclusive com a moeda de transição ( a URV ).

A influência do BIS sobre a organização bancaria mundial é maior do que a do FMI, por ser um banco mais antigo e de autoridade consolidada, os chamados Acordos de Basileia são hoje os princípios fundamentais da atividade bancária, seguidos por todos os bancos do planeta. Esses acordos são organizados dentro do BIS por um Comitê especial, sendo a Secretaria Geral fornecida pelo BIS.

Os bastidores da criação do BIS e de seu funcionamento durante a Guerra, com a curiosa situação de diretores nazistas e americanos e ingleses sentando lado a lado nas reuniões do Board, estão detalhadamente descritos nas últimas duas biografias de Hjalmar Schacht, editadas recentemente.

Como se sabe, Schacht, cuja mãe era americana, foi um dos 20 grandes réus no Tribunal Internacional de Nuremberg, mas foi absolvido, apesar de ser ele, como presidente do Reichsbank e depois Ministro da Economia do Terceiro Reich, o principal responsável pelo financiamento do rearmamento alemão, com a criação de dois mecanismos  heterodoxos, depois copiados por muitos países (inclusive o Brasil), a moeda de compensação e os bônus para pagamento de fornecedores ( Mefo bonds ). Finda a Guerra Schacht ainda teve longa sobrevida como requisitado  consultor financeiro de países em desenvolvimento.

NAZISMO No Mundo BIS
NAZISMO No Mundo BIS 02

Os israelenses queriam prendê-lo a todo a custo porque não se conformaram com sua absolvição e quase o conseguiram. Voltando da Indonésia, o avião no qual retornava para a Alemanha teve uma escala técnica de seis horas no aeroporto de Tel Aviv, pouco antes de subir no avião um garçom do café do aeroporto o reconheceu e chamou a polícia mas não deu tempo, Schacht escapou sem ser incomodado. Sua absolvição controvertida em Nuremberg deveu-se a seu enorme prestígio internacional, responsável pelo fim da hiperinflação alemã e suas conexões com o mundo bancário anglo-americano, onde era muito respeitado.

Schacht e Albert Speer, o super eficiente Ministro da Indústria Bélica, tiveram incríveis sobrevidas após o fim da Guerra. Como Schacht, Speer virou consultor empresarial de sucesso depois de cumprir 20 anos de prisão por condenação em Nuremberg. Morreu em Londres, cidade que bombardeou intensamente, em uma cama de hotel com a amante inglesa, tais são as ironias da vida.

( Está claro: NAZISMO vive e atua ) – ( 2018 )

Reunião Mundial em Bali – 11 e 12 de outubro de 2018 com a presença do Presidente Ilan Goldfajn e demais integrantes do Banco Central do Brasil – VETADO a presença de qualquer imprensa – ativistas e demais.

Bancos CENTRAIS Autônomos ameaçam a todos nós … Bancos escravagistas x genocidas.

Revista Nazista, Neofascista – THE ECONOMIST 2019. Família Global de Banqueiros ROTHSCHILD – Fundadora do NAZISTA BANCO BIS – Bank for International Settlements em 1930 – Centro de domínio e controle mundial. ( Bancos x S.A’s ) …